Home Institution

Macalester College

Publication Date

Spring 2012

Program Name

Brazil: Social Justice and Sustainable Development

Abstract

The familial structure of a Brazilian fishing community is explored through participant observation and eight in-depth ethnographic interviews conducted over the course of three weeks of emersion with a family of pescadores artesanais (artisanal fishermen) that now call themselves catadores de algas (seaweed collectors). Previous research suggests that the sexual division of labor in this community, along with coastal environment in which the community exists, is in a state of transition. This project explores the emerging the practice of communal seaweed cultivation as a form of work that exemplifies changing gender relations in conjunction with a changing coastal environment. It elaborates on the importance of family relationships and the role of women within the broader structure of the community and explores the dynamics of an alternative, ever-evolving, and still imperfect mode of sustainable living—one which depends on identification, interaction, and compassion for the coastal environment. It presents a need for further dialogue between governing bodies and subsistence-based communities in order to avoid the misuse and mistreatment of both the community and the land on which it survives.

✥ ✥ ✥

A estrutura familiar de uma comunidade pesqueira brasileira está explorada usando observações e oito entrevistas etnográficas durante o tempo de três semanas de imersão com uma família de pescadores artesanais, quem agora se chamam de catadores de algas. Pesquisas anteriores sugerem que a divisão sexual do trabalho na comunidade, junto com o ambiente costeiro em qual a comunidade existe, está em um estado de transição. Este projeto explora a prática de cultivo de algas comunal como uma forma de trabalho que exemplifica a as relações de gênero em mudança conjunto com um ambiente costeira em mudança. Ele elabora da importância das relações familiares e do papel das mulheres dentro da estrutura mais ampla da comunidade e explora a dinâmica de uma alternativa, sempre em evolução, e do modo ainda imperfeito de vida sustentável, que depende da identificação, interação e compaixão para o ambiente costeiro. Apresenta a necessidade de diálogo adicional entre o governo, as organizações de gestão, e as comunidades para evitar o uso indevido e o mau tratamento da comunidade e do terreno em qual ela sobrevive.

Disciplines

Agricultural and Resource Economics | Family, Life Course, and Society | Natural Resources and Conservation | Sustainability